O Carnaval nosso de cada dia

Ah, o carnaval …

O que dizer de uma festa em que até algumas religiões se recolhem, dando lugar ao paganismo?

Essa festa de caras e bocas, pouca roupa e muito alto astral. Onde podemos ser o que quisermos sem os olhares que condenam e nos impõem uma postura dita recomendável.

Essa festa em que podemos nos estranhar uns com os outros e depois nos abraçarmos como irmãos de sangue.

Em que podemos nos apaixonarmos e nos amarmos com tempo regulamentar, mas se a sorte estiver ao nosso lado, poderá esta paixão ser levada adiante.

Essa festa de ritmos, cores, nada de censura, alegria escancarada Batuque, percussão, sopro, olhares, dentes, languidez, riso e choro.

Emoção à flor da pele no compasso do surdo de primeira anunciando a tua escola preferida.

Uma paixão a cada esquina ou eternamente a teu lado.

A farra etílica que libera a alma e desejos …

Somos todos iguais nesses dias. Não duvidem disso! Aproveitemos!

Anúncios

Uma resposta to “O Carnaval nosso de cada dia”

  1. Ve Says:

    E vestir-se de mosquito e cair no mangue na presidente vargas tb!!!! Vale tudo!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: